Editora Werlang
Família Gerdau
Die Kolonie Santo Ângelo Zeitung
História da Família Werlang
A Família de Johannes Heinrich Kaspar Gerdau:
Um estudo de caso sobre a industrialização no Rio Grande do Sul Brasil.
Ms William Werlang
ISBN: 85-88970-01-5
Formato:14 x 21 cm.
Ano: 2002
Preço:R$ 20,00
Mensagem

Pai, quero que aqueles que me deste, onde eu estiver, também eles estejam comigo para que vejam a minha glória, a glória que tu me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.

João 17, 24.
232 páginas.
19 fotografias.
6 reproduções de mapas.
7 reproduções de documentos.
Impressão e acabamento realizado pela Gráfica Editora Pallotti - Santa Maria - RS
Revisão: Miriam Machado Ritzel e Márcia Severo Patel
Prefácio do Dr. Jorge Gerdau Johannpetter
Publicação da Dissertação de Mestrado em Integração Latino-Americana (MILA) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A banca examinadora se reuniu em dezembro de 1999 e era composta pelos professores Dr. phil Jorge Luiz da Cunha, Dr. Lúcio Kreutz e Dr. Ricardo Quevedo dos Santos.

O trabalho de pesquisa procura mostrar a evolução histórica das organizações criadas pelo comerciante alemão João Gerdau no Rio Grande do Sul, e procura demonstrar a orientação racional de toda sua vida empresarial.

Seu objetivo geral é identificar a acumulação inicial do capital de João Gerdau na Colônia Santo Ângelo-Agudo e em Cachoeira do Sul, bem como os diversos condicionantes técnicos e até mesmo ideológicos que levaram à organização empresarial e à contínua reaplicação do capital acumulado em novas organizações em Porto Alegre. Mostra a influência da tradição histórica de sua cidade de origem, na região de Hamburgo, onde aprendeu avançadas técnicas de organização e produção, especialização e divisão do trabalho.

Toda esta experiência foi utilizada nas novas organizações do Brasil, após sua chegada em 1869 na Colônia Santo Ângelo, onde inicia como comerciante e após alguns anos de acumulação, investe num comércio maior em Cachoeira do Sul. Ao mesmo tempo, acumula capital na demarcação e venda de terras, numa sociedade imobiliária com proprietários nacionais. Novamente reinveste o capital em novas organizações em Porto Alegre, em inúmeras sociedades com os mais diversos segmentos econômicos, desde o comércio de importação até a fabricação metalúrgica.

Em fevereiro de 1901, João Gerdau adquire em Porto Alegre a estagnada Fábrica de Pregos Pontas de Paris, que é imediatamente remodelada e reestruturada. O desenvolvimento da Companhia de Pregos deu origem ao Grupo Gerdau.
Pedidos para:

Editora Werlang
Caixa Postal 42.
96540-000 - Agudo-RS
wwerlang@viavale.com.br
[Quem Somos]  [Blog]  [Twitter]  [CEW]  [Linhagens]  [Cont]  [Links]
In Hoc Signo Vinces!
contador de visitas